sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Escolha

- Mãe, você prefere um lápis para escrever o futuro ou uma borracha para apagar o passado?

(Maria Luísa, 8 anos)

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Literalmente

Eu estava deitada com dor nas costas e minha filha falou:
 - Mamãe, vou te contar uma história para você se sentir melhor. Pode pegar um livro para mim?
- Filha, estou com dor, conta uma história da sua cabeça mesmo.
- Tá bom, mamãe: "Era uma vez uma cabeça..."

(Ana Sophia, 3 anos)

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Simples

- Paulinha, eu gosto de uma menina da minha sala.
- Por quê você gosta dela?
- Porque ela coloca meu nome no coração do jogo do silêncio e me dá o giz todo dia.

(Peterson, 5 anos)

domingo, 19 de novembro de 2017

Negociação

- Sarah, lava a louça para mim?
- Eu não, Laryssa.
- Eu te dou dinheiro, Sarah.
- Irmã, você não tem dinheiro.
- Dia 22 eu terei.
- Então, tá. No dia 22 eu lavo.

(Laryssa, 11 e Sarah, 7 anos)

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Total

Estamos comprando ingressos para o cinema e a Samara viu que pedi duas inteiras e uma meia entrada.
- Mãe, por que meia entrada?
- É para você, Sam.
- Mas eu quero assistir o filme inteiro, não meio.

(Samara, 8 anos)

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Missão impossível

Nicolle estava com uma garrafa de água nas mãos e perguntou:
 - Quer me ver fazendo uma mágica? A água vai sumir.
Então ela foi na varanda e voltou com a garrafa vazia.
Eu falei:
- Nossa, que legal! Agora quero ver você fazer a água voltar para dentro da garrafa.
Ela voltou para a varanda enquanto eu escutava ela falar:
- Por favor, Deus. Por favor, Deus.

(Nicolle, 4 anos)

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Ser estranho

Enquanto eu olhava uma radiografia...
- Não te falei, mamãe, que mora uma caveira dentro da gente?!

(Luca, 4 anos)

sábado, 11 de novembro de 2017

Habilidade

Eu estava toda atarefada tentando fazer comida, colocar o bebê para dormir e ouvindo o Arthur me chamar umas 150 vezes por minuto. Então, gritei:
- Jesus do céu!!!
E o Arthur comentou:
- Que luta, né mãe?!

(Arthur, 4 anos)

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Involuntário

Lucas estava chorando por algum motivo bobo, quando eu falei:
- Não acredito que você está chorando por isso!
Ele, segurando o choro, disse:
- Eu não estou chorando, meu olho que está pingando.

(Lucas Eduardo, 5 anos)

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Amor

- Mamãe, por que eu amo a vovó?
- Não sei, meu filho. Você que tem que saber.
- Eu não sei, não. Mas eu já nasci assim... com ela dentro de mim!

(Ruy, 5 anos)

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Básico

Na Creche:
- Tia, você não passou maquiagem hoje?
- Não. Hoje a tia está só o pó.
- Só o pó e o rímel?

(Mavi, 4 anos)

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Produção

Fui contar para minha irmã que no dia do aniversário dela eu iria fazer o ENEM. Ela me olhou e disse:
- Vai ser menino ou menina?

(Lavinia, 5 anos)

domingo, 5 de novembro de 2017

Igual mas diferente

Estávamos assistindo ao clipe "Paradinha" da Anitta e a Julia falou:
- Está parecendo a filha do Silvio Santos.
- Qual filha, Julia?
- Aquela que vende Natura.

(Julia, 9 anos)

sábado, 4 de novembro de 2017

Pelo contrário

- Tio, sua barba parece pêlo de tapete.
- Você esta falando que a minha barba é feia?
- Não, é bem fofinha. Tio, quando eu estiver precisando de uma ideia, vou te procurar e passar a mão na sua barba.
- Por quê?
- Sempre que um homem está pensando e precisando de ideias, ele fica passando a mão na barba e a ideia vem.

(Henrique, 7 anos)

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Todo mundo

- Foi muita gente na aula, Isa?
- Foi todo mundo, menos o resto.
- Então não foi todo mundo.
- Minhas amigas foram. Então, foi todo mundo.

 (Isabella, 4 anos)

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Transformação

Minha irmã chegou da escola e falou:
- Amanhã não vai ter aula porque é dia dos refinados!

(Nickelly, 7 anos)

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Paisagem

Eu estava trocando de roupa na frente da minha filha. Ela olhou para a minha barriga (cheia de estrias) e disse:
- Nossa, mãe, sua barriga é linda. Tem vários desenhos.

(Ana Clara, 4 anos)

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Socorro

Estava trabalhando no computador, quando a Isabela chegou e viu o HD externo conectado à maquina. Curiosa, ela perguntou:
- Pai, para que serve isso?
- É um HD para poder salvar os arquivos, filha.
- Mas, salvar por quê? Eles estão em perigo?!

(Isabela, 7 anos)

domingo, 29 de outubro de 2017

Apetite

Estávamos comendo amendoim torrado na praia e alguns vieram bem pequenos. Brincando, falei:
- Olha, esses são filhotinhos.
E antes de colocar todos na boca, ela falou:
- Vem com a mamãe.

(Lara Ágnes, 3 anos)

sábado, 28 de outubro de 2017

Recurso

- Tatá, hoje na escola eu aprendi a soluçar os problemas.

(Bianca, 3 anos)

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Preocupação

Meu noivo é médico e tinha acabado de sair quando o Gabriel perguntou:
- Titia, o tio já foi?
- Já foi, meu amor. Por quê?
- Olha, eu não queria preocupar ninguém, mas eu estou sentindo meu coração bater.

(Gabriel, 7 anos)

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

A idade da razão

- Você tem razão, filha...
- Não tenho, não!
- Ué?! Mas você sabe o que significa razão?
- Sei, sim. É comida de cachorro!

(Mell, 4 anos)

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Suspeita

Estávamos entrando em um banco e Júlia logo saiu à frente para apertar o botão e empurrar a porta. Então perguntei:
- Julia, como você sabia que tinha que apertar o botão?
- Ah, tia,  foi só um apetite.

(Júlia, 4 anos)

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Já que você perguntou

Igor foi até a geladeira e pegou um iogurte. Com pressa para comer, não esperou eu abrir a embalagem e ao tentar abrir sozinho deixou cair fazendo uma sujeira danada na cozinha. Eu então falei com ele:
- Poxa, filho, olha a sujeira que você fez. E agora, o que faço com você?
Ele tranquilamente respondeu:
- Faz carinho, mamãe!

(Igor, 3 anos)

domingo, 22 de outubro de 2017

Soletrando

- Arthur, galinha começa com qual letra?
- H.
- H, Arthur?
- É, uai! H-linha

(Arthur, 5 anos)

sábado, 21 de outubro de 2017

Amor

Perguntei para meu filho o que é o amor, e ele me respondeu:
- Ah, mamãe, amor é quando a gente compra uma batata frita para alguém e não pede nenhum pedacinho.

(Davi, 5 anos)

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Minha Nossa

Guilherme estava cantarolando garota de Ipanema:
- Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça... O Senhor é convosco...

(Guilherme, 7 anos)

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Manequim

- Tia Cris, eu não quero comer arroz branco. Eu quero integral.
- Mas hoje só temos o branco.
- Não quero o branco porque ele engorda.
- Não engorda, não.
Então ela me olhou dos pés à cabeça e falou:
- Tem certeza?

(Valentina, 6 anos)

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Espera

Perto do aniversário do meu sobrinho, perguntei se ele estava feliz e ele me respondeu:
- Mais ou menos. É muito ruim fazer aniversário em outubro. Tenho que esperar um ano todo para fazer de novo.

(Gustavo, 9 anos)

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Prêmio acumulado

Como domingo será aniversário da minha mãe, chamei o meu irmão para perguntar o que daríamos para ela:
- Má, o que você acha que a mamãe gostaria de ganhar de presente de aniversário?
- Já sei!
- O quê?
- Ela sempre fala que queria ganhar na Mega-Sena.

(Matheus, 6 anos)

Antídoto

Jenifer e sua tia em um rodízio de pizza:
- Ai, tia, não quero mais comer, não. Estou com dor de cabeça e enjoada.
Passados dez minutos, começaram a oferecer as pizzas doces e ela comeu vários pedaços. Daí a tia perguntou:
- Ué, Jenifer, mas você não estava passando mal?
- Ah, tia, mas é chocolate, né? Chocolate cura.

(Jenifer, 10 anos)

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Profissão

- Evyllin, quando eu crescer eu quero ser idiota.
- Quer ser o quê?
- Idiota. Aquelas que emprestam dinheiro para as pessoas.

(Kathleen, 9 anos)

domingo, 15 de outubro de 2017

Padrão

Uma escapadinha para beijar o marido no banheiro, nossa filha bate na porta e grita:
- Por que vocês estão no modo silencioso?!

(Isabella, 7 anos)

sábado, 14 de outubro de 2017

Uma nota, maestro

Estávamos brincando de "adivinha qual é a música?" e era a vez da Soffia dizer uma palavra:
- Paulo.
- Paulo? Que música tem Paulo, Sof?
- Atirei o Paulo gato...

(Soffia, 5 anos)

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Pequeno gafanhoto

- O que você aprendeu no judô hoje?
- Aprendi a dar cambalhota.
- Legal. É difícil?
- Não, só precisa tomar cuidado para não morrer.

(Davi, 4 anos)

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Aparecida

Acabamos de parar num posto de gasolina. Na saída, a Clarice viu um estátua de Aparecida e falou:
- Olha, uma estátua!
- É a estátua de Aparecida.
- Parecida com quê?

(Clarice, 5 anos)

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Ressuscit... não, espera.

No final da oração:
- Ah, e traga minha avó de volta...
Então pensou um pouco e continuou:
- Mas só se ela voltar normal. Se for como zumbi, pode deixar ela aí.

(Manoel, 4 anos)

Identidade dupla

Decidi passar um vídeo para meus alunos na escola:
- Fiquem aqui quietinhos que a tia vai buscar o benjamim para ligar o datashow na tomada e já volta.
- Tia, benjamim é seu namorado?

(Sofia, 7 anos)

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Identidade

Meu primo estava assistindo ao filme Meu Malvado Favorito. Me olhou reflexivo e disse:
- Eu queria ser um Minion, mas não sei... eles são muitos iguais e eu gosto de ser diferente.

(Guilherme, 5 anos)

sábado, 7 de outubro de 2017

Resolvido

- Gustavinho, vamos levantar para tomar café.
- Não vou tomar café, vovó. Meu pai disse que vem me buscar depois do café.

(Gustavo, 5 anos)

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Sentidos

- Bia, meu estômago fica no ouvido?
- Não, Helena. Por quê?
- Porque eu escuto ele roncar.

 (Helena, 3 anos)

domingo, 1 de outubro de 2017

Atalho

Igor caiu escada abaixo:
- Nossa, Igor, você se machucou?
- Tá tudo bem. Pelo menos eu cheguei aqui embaixo mais rápido.

(Igor, 8 anos)

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Praticidade

- Então, Sophie, qual é o seu sonho?
- Morar num castelo do lado de um mercado.
- Por que do lado de um mercado?
- Porque eu sou faminta.

(Sophie, 8 anos)

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Foco

Maria chegou pulando e batendo palmas, então perguntei:
- Maria, por que você está pulando dessa maneira?
- Ué, tia, eu nasci para a diversão.

(Maria, 7 anos)

domingo, 24 de setembro de 2017

E agora?

Thaís colocando a blusa para sair e minha mãe diz:
- Thaís, vem aqui para eu arrumar a gola.
E ela corrige
 - Não é a gola, mamãe. É agora!

(Thaís, 3 anos)

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Vida acadêmica

Levei minha filha comigo na faculdade. Meses depois, estava conversando com ela e falei que quando ela crescesse iria estudar na faculdade também. A resposta dela foi imediata:
- Eu não vou estudar na faculdade, mamãe. Lá nem tem parquinho.

(Louise, 5 anos)

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Ufa

- Mamãe, você sabe como se faz bebê?
Eu suspirei, contei até três e antes que eu falasse qualquer coisa, ela me interrompeu:
- Assim, mamãe: primeiro você coloca a letra "B", depois a vogal "E"; a letra "B" outra vez e a letra "E" no final. Tem um acentinho mas eu ainda estou aprendendo... pronto! Assim você escreve Bebê. Viu como é fácil, mamãe?

(Rafaela, 6 anos)

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Use a imaginação

Minha sobrinha estava brincando com a galinha pintadinha e o galo carijó (imaginários):
-Toma, vovô. Segure para mim.
Meu padrasto, no meio da conversa com outra pessoa, botou na boca e disse:
- Nossa, que delícia.
Ela fez uma cara de chocada, os olhinhos arregalados quase chorando e falou:
- Ele comeu o galo Carijó!

(Bianca 2 anos)

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Rock in Rio

Machuquei meu pé faltando três dias para o Rock in Rio e meu afilhado ficou muito preocupado porque fiquei bem chateada. Quando contei que estava triste ele falou:
- Dinda, liga para eles e pede para mudarem o dia. Aí você fica boa e vai no show.

(Daniel, 6 anos)

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Opções

- Pedro, o que você quer ser quando crescer?
- Vou fazer faculdade de artes cênicas. Se não der certo, vou fazer design de games. E por último, se nada der certo, vou ser experimentador de sorvetes mesmo.

(Pedro, 10 anos)