sexta-feira, 10 de julho de 2009

Fica triste não...

Caio estava ao meu lado enquanto eu dava banho na irmã dele, recém-nascida. Surpreso, me perguntou: "Ela não tem pinto, mãe?". Eu respondi: "Não, filho, ela é menina...". Antes que pudesse explicar mais alguma coisa, ele acariciou meu rosto e disse: "Fica triste não, mãe, depois cresce, né?".

(Caio, 2 anos)

Fonte: Encarte "Papo de mãe", da revista Claudia.