terça-feira, 30 de março de 2010

Inconfundível

O Samuel, depois de brincar na rua com os coleguinhas, (temos ainda esse privilégio) veio todo eufórico:
- Mãe, eu conheci um amiguinho novo!
- Que legal, filho! E qual é o nome dele?
- Hiiiii, mãe! Nem me pergunta! Ele tem um nome muito confundível!

(Samuel, 6 anos)

Enviado pela Lú Cabral