terça-feira, 30 de março de 2010

Mão boba

Meu aluno Vinicius tem mania de pegar no rosto das pessoas enquanto fala. Com as duas mãos, chega perto e puxa o queixo para que a pessoa olhe para ele quando ele quer contar alguma coisa. É uma maneira inocente, que ainda não comecei a interferir porque ele tem menos de três anos de idade e ainda está se adaptando à escola. No entanto, depois de hoje, acredito que os pais já começaram a educá-lo em casa quanto a esta mania.
Eu estava com outras crianças sentada no chão conversando, quando o Vinicius puxou meu rosto. Me vi com o rosto praticamente colado no dele, com muitas crianças ao redor exigindo atenção. Mais seriamente que o comum, perguntei:
- O que foi, Vini?
Um pouco assustado, ele tirou as mãos e respondeu:
- Não foi nada.
- Por que você puxou meu rosto, então?
- Eu não puxei seu rosto!
- Não?
- Não... (pausa) Acho que foi minha mão.
- Ah... E por que ela fez isso?
- Não sei... (Um pouco desapontado) Acho que ela não sabe ser boazinha.

(Vinicius, 2 anos)

Enviado pela Isabella Ianelli
Google+