quinta-feira, 1 de julho de 2010

Pesadelo com picanha

Era quase meia-noite quando o Gustavo saiu do quarto dele aos prantos e chamando o papai. Corremos os dois para acalmá-lo e perguntamos o que estava acontecendo. Entre lágrimas e soluços ele tentou dizer:
- O chuaco me pegou!
- O Tiago te pegou filho?
- Não! O chuaco!
Meio na dúvida, perguntei:
- O churrasco te pegou?
- É!!!
Depois de acalmá-lo (tentando não rir...), continuei:
- Filho, que sonho maluco. Churrasco não tem perna ou braço prá pegar ninguém...
- Tinha só uma perna, mãe.

(Gustavo, 2 anos)

Enviado pela Lígia