quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Aula de finanças pessoais

- Olha ali, filha, tem umas crianças brincando no parque.
- Depois a gente vai lá, né pai? Depois da casa da vovó.
- Vamos sim.
- Pai, mas pra ir lá brincar você tem que ficar aqui comigo sempre.
- Mas e meu trabalho?
- Não, pai, não pode ir trabalhar lá longe, tem que ficar aqui o dia todinho.
- Entendi. Mas, filha, se o papai não trabalhar, como é que a gente
faz pra comprar comida?
- Já tem comida em casa.
- Mas tem que comprar sempre. E quando acabar a comida? O papai tem que ir ganhar dinheiro.
- Pai, eu compro.
- Você?
- É, eu tenho um dinheirinho.
- Ah, tem é?
- Ahãm.
- E com seu dinheiro dá pra comprar comida e roupas?
- Dá. E balinha também.
- ...
- E uns doces. Tudo, muitas coisas, pai.
- Mas, filha...
- Hum?
- E quando acabar o dinheiro?
- Ah, pai, a gente compra mais, ué!

(Nina, 3 anos)