domingo, 21 de novembro de 2010

Nana papai

São 19:00 e tento colocar a Lis para dormir. Coloco-a no berço e fico admirando sua vontade de brigar com o sono. Apoio minha cabeça nos braços e finjo estar dormindo para ver se a pequena dorme. Ela tenta a dormir uma, duas e na terceira vez, levanta-se, olha para mim, que ainda estou lá finjindo, e fala num tom de voz bem baixinho:
- Xiuuu, papai nanou, papai nanou. Nanou, papai?

(Lis 1 ano)

Enviado pelo Surrer Younes