domingo, 22 de julho de 2012

Quer pagar quanto?

Estávamos numa livraria comprando um presente para a mamãe e eu resolvi checar o preço do livro num daqueles leitores de código de barras. Coloquei o livro, esperei e o preço apareceu na tela. Então, me dirigi à fila do caixa pra pagar. Quando olhei para trás, a Nina estava ali parada em frente ao equipamento passando a mãozinha pelo leitor.
- Vem, Nina, vem logo!
Desapontada, ela olhou pra mim e se lamentou:
- Puxa, minha mão não vale nem 1 real!?

(Nina, 5 anos)