quinta-feira, 25 de outubro de 2012

O segredo

Certa vez estava cuidando da minha priminha, Valentina. Como ela estava muito agitada resolvi achar uma brincadeira em que, ao menos, ela ficasse sentada. Chamei ela e disse:
- Vem cá, vou te contar um segredo.
Com a mão em concha me aproximei do ouvido e disse:
- Te amo.
Valentina riu muito e pediu para que contasse outro segredo. Repeti a frase:
- Te amo - e ela riu.
Assim foram algumas vezes. Ela pedindo para eu falar segredos e eu repetindo a frase. Num determinado momento, disse que era a vez dela me contar um. Ela se aproximou de minha orelha com a mãozinha em concha, e num sussurro disse:
- "Seguedo"

(Valentina, 2 anos)

Enviado pela Joyce Noronha