domingo, 17 de março de 2013

Eu sou você amanhã. Só que não.

- Tia, quando eu crescer quero ser bonita assim igual você.
- Obrigada meu amor. Você será, sim. Será ainda mais bonita, minha princesa!
Ela arremata:
- Só que magra!

(Larissa, 6 anos)