quarta-feira, 5 de agosto de 2015

O crime não compensa

Viajei na sexta e só voltei na segunda-feira. Quando revi minha irmã, ela correu para um abraço.
- André, que saudade.
- Sarinha, que abraço gostoso. Me conta, que foi que tu fez?
- Nada de errado.

(Sarah, 5 anos)