sábado, 14 de novembro de 2015

Mãe

Na saída da escola, eu com meu modelito macaquinho de malha (quem é mãe de dois sabe entender a importância de vestir uma peça só) e meu chinelo Ipanema de R$ 12,00. Rafa pendurado no meu pescoço (geralmente transformando meu penteado "coque elegante desalinhado" num rabo de cavalo absurdamente desgrenhado), vem a Júlia:
- Mãe, como tem umas mães elegantes aqui, né?
- Hum....
- Elas vem de salto, maquiagem e até saia.
- Pois é, Júlia. Diferente da mamãe, né?
- Ah, mãe.... mas você, quando se arruma fica elegante. Não igual como você está hoje... mas de vez em quando você também fica elegante.

(Julia, 6 anos)