sexta-feira, 17 de junho de 2016

Cavalheiro

Meu sobrinho estava com minha mãe no campo, quando ela se machucou. Vendo que começou a sangrar,  ele falou:
- Calma, vovó. Depois de casar sara.
Já em casa, minha mãe perguntou:
- Mas como poderia sarar depois de casada se eu já me casei?
E ele respondeu:
- Eu sei, vovó. Era só para te acalmar.

 (Murilo Gabriel, 5 anos)