quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Bem entendido

Depois de uma conversa sobre palavrinhas mágicas, Vitor Hugo perguntou:
- Tata, amarra meu cadarço?
- Fazendo um...?
- Um nó.

 (Vitor Hugo, 6 anos)