terça-feira, 21 de março de 2017

Aprendendo

Fui babá por 10 anos, cuidando de três crianças maravilhosas e tínhamos uma regra de que quando começássemos um jogo ninguém poderia sair até que o jogo acabasse.
Certo dia, jogando Ludo, o Victor apelou por estar perdendo e quis sair da brincadeira. Eu disse:
 -Victor, volta para o jogo. Você tem que aprender a perder.
E ele bravo e chorando me disse:
- Eu sei perder, sim. Eu perco toda hora. Eu não sei é ganhar.

(Vitor, 6, Bernardo, 5 e Mariana 3 anos)