terça-feira, 4 de abril de 2017

Dicas de alimentação

Eu e minha sobrinha brincávamos de mamãe e filhinha. Ela, a mamãe, se propôs a fazer um mingau:
- A mamãe vai fazer um mingau para você.
- Mingau de quê?
- De aveia.
E, baixando o tom de voz, falou:
- Mas aveia de mentirinha, tá?
Baixando o tom, do mesmo modo, perguntei:
- Por quê?
- Ué, porque aveia de verdade a gente não come.
- Ué, por que não?
E ela, mostrando o pulso:
 - "Aveia" de verdade não é de comer, tem sangue.

(Vallentina, 4 anos)