quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Literalmente

Eu estava deitada com dor nas costas e minha filha falou:
 - Mamãe, vou te contar uma história para você se sentir melhor. Pode pegar um livro para mim?
- Filha, estou com dor, conta uma história da sua cabeça mesmo.
- Tá bom, mamãe: "Era uma vez uma cabeça..."

(Ana Sophia, 3 anos)